sábado, 1 de maio de 2010

MONSTROS S/A

Vivemos numa sociedade onde a cultura do medo se interpõe cada vez mais. Basta assistir ao jornal. Nossos problemas, fantasmas, medos, saem do armário quando menos se espera. Só que existem maneiras e maneiras de encarar nossos monstros.
Outro dia, assisti ao filme “Monstros S/A” da Disney. Filme para crianças? Mais ou menos. Como a maioria (senão todos) dos contos infantis, esse filme traz uma mensagem subliminar para nós, adultos, que já ouvimos antes, porém esquecemos em alguma parte do caminho. Os monstros são realmente monstros?
O filme conta a história de uma sociedade que sobrevive do “medo das crianças”. Esse medo proporciona a energia necessária para toda uma sociedade. Na verdade, os “monstros” não passam de funcionários de uma empresa, que estão lá, se esforçando para assustar. É o trabalho deles. E o medo é muito mais deles em relação às crianças do que o contrário disso. Até que um dia, eles descobrem que o riso é capaz de proporcionar muito mais energia ainda. Mas até chegar á essa conclusão, muita história rola, muitos “medos” ou “risos” ao som da belíssima trilha, especialmente de "If I didn't have you" de Randy Newman.
Um dos filmes mais inteligentes da parceria Disney/ Pixar. Adorei, me diverti muito e refleti sobre os medos impostos em nossa sociedade. Nada como “Monsters Incorporation”, no dia do trabalho.
P.S - O CD da trilha ganhou o Grammy Award de melhor album musical infantil de 2003 .

5 comentários:

Rafael Belo disse...

Sempre assito Monstros S/A é uma ótima leitrua da sociedade e nossa cultura do medo. boa abordagem heeh beijos ótima semana

C. Marley disse...

Nobre colega Isolda,

O dia a dia atualmente é um eterno renovar de fobias. O que nos resta é nos especializarmos no gerenciamento dos riscos.

Aproveito para enviar votos de um feliz dias das mães, extensivo a todas as demais mães.

Um grande abraço

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Isolda, fico muito contente em ver que você retomou o blog. Eu já estava sentindo saudades.

Mas blog é bom assim mesmo, quando a gente tem algo a falar.

No meu também tenho me portado assim. Blog tem de ser pra gente como é um sentimento, bom. E não como um "sargento" ordenando, ordenando...

Olha, a propósito do filme de "monstros para crianças" (vixe, agora não falta mais nada!)aí, gostei de sua análise.

A propósito, quando quiser (e puder) visite o meu post de ontem lá no blog. Por coincidência, o tema é da mesma linha: http://zerobertoballestra.blogspot.com/2010/05/o-moleque-saci-do-seu-jardim.html

abs

Isolda disse...

Oi Rafaek=l,
Obrigada!! bjs

Isolda disse...

Oi Balestra,
Mas eu sempre visito, esqueço de deixar meus comentarios, mas está entre meus preferidos. É isso mesmo.
bjs