quarta-feira, 20 de março de 2013

EMILIO SANTIAGO


Foi por volta dos anos 90, que Joanna, cantora, compositora, minha parceira e amiga, me avisou que havia no Rio uma mulher, que dizia se chamar Isolda, que era compositora, irmã de Milton Carlos, amiga de Roberto Carlos etc.
Em resumo; ela dizia ser eu. Joanna tinha se encontrado com ela numa festa em Santa Catarina, onde ela afirmava que era a compositora de Roberto Carlos! 

No momento eu dei muita risada e comentei com amigos, em especial com uma assessora de imprensa, que me disse:
 – O fato é grave. Ela mesma acredita ser você. Eu soube disso por Emilio Santiago. Ele acreditou que se tratava de você (ele não te conhecia pessoalmente e ligou pra ela).
Ela atendeu, disse que sim, que era a compositora Isolda, mas que não ia autorizar nenhuma gravação pra ele, porque tinha exclusividade com Roberto Carlos. Claro que ele ficou chateadíssimo.

Quando eu soube dessa confusão, não sabia nem por onde começar, uma vez que essa mulher tinha trocado o numero daquele telefone e ninguém sabia onde morava.
Falei com essa assessora (amiga particular minha e de Emilio), que a essa altura já tinha explicado ao Emilio esse engano e marcamos de ir ao show dele, além de fazer um trabalho de imprensa avisando que havia alguém se passando por mim.

Assisti ao show (impecável como sempre) e depois, ele e eu conversamos e rimos desse engano. No mesmo ano ele regravou uma musica minha belissimamente (como sempre) e eu nunca mais ouvi falar dessa estranha mulher, que provavelmente me prejudicou com pessoas, que eu nem tive oportunidade de saber ou me explicar.

Hoje acordei com a noticia de que ele partiu. Minha quarta feira está muito triste, não vou ver mais o seu sorriso, a não ser em vídeos, nem vou mais ouvir sua voz contando sobre suas ultimas viagens e sucessos.
Só me restam as lembranças e a linda gravação que ele fez de uma das minhas canções. Meu mundo está mais vazio, meu coração apertado e a música menos harmoniosa. Emilio Santiago era e é a pura harmonia, simpatia e beleza. O cantor mais elegante que conheci e uma das vozes mais belas que já escutei.

Até breve amigo, até um dia...



5 comentários:

Rafael Belo disse...

A mais profunda voz já cantada. E com uma música bela , vai-s o artista fica sua arte, fica sua voz...

Raquel disse...

E quem não gostaria de ter o talento de Isolda? Pena que nesse caso a tal mulher passou dos limites da admiração para a total falta de caráter. Que Elílio Santiago descanse em paz...

Everaldo Farias disse...

Realmente Isolda,

uma partida muito triste para nós que apreciamos tanto a boa música brasileira que Emílio, com sua voz, sabia representar tão bem!

Blog Música do Brasil
www.everaldofarias.blogspot.com

Um forte abraço a todos!

Nayane Kastter disse...

Realmente, uma grade perda!
Que a mesma música que a encanta, agora a possa consolar, afinal, vão-se os mestre e ficam-se as obras...

Abraço, Nayane Kaster

http://nkpassadopresente.blogspot.com.br/2013/02/ocultos.html

Isolda disse...

Uma grande perda, sem dúvida!!