quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

SOMEWHERE IN TIME - JOHN BERRY

Uma das musicas mais românticas dos últimos tempos, foi criada para um filme, baseado num livro ainda mais romântico e especial "Em algum lugar do passado".

Quem não conhece? Eu mesma, li o livro, assisti ao filme ( com o querido Christopher Reeve) varias vezes e não adianta nada conhecer o final. As emoções são as mesmas, as lágrimas também.

Sabemos que a emoção de um filme se deve em grande parte a sua trilha.

Domingo passado nos despedimos do criador dessa obra musical e de outras tantas de igual valor, como a trilha de "Entre dois amores", "Dança com Lobos", Perdidos na noite, James Bond, etc.

John Barry nasceu na Inglaterra, estudou piano e trompete e em 1957 formou uma banda de rock “The John Barry Seven". Mas seu sucesso aconteceu na televisão e no cinema, o que lhe deu cinco Oscars e um premio especial do Bafta (Oscar britânico).

Como todo artista que se preze (aliás, não sei porque razão) foi casado varias vezes e vivia nos Estados Unidos com a atual mulher há mais de 30 anos.

Assim como Cole Porter, os irmãos Gershwin, Michel Legrand, Maurice Jarre, ele também há de ficar, eternizado em suas canções.

A alma de um artista é seu trabalho. Se a alma é eterna, a arte é atemporal.

Have a nice trip Sir Barry.

Somewhere in Time

video

Um comentário:

C. Marley disse...

Nobre colega Isolda,

Com certeza será recebido no tapete azul da eternidade, onde receberá o troféu divino pelo conjunto da sua obra na Terra.

Um agrande abraço